Concórdia

(49) 3030-0303 Fixo/Whats

Piratuba

(49) 3030-7222

(49) 3553-0098 Fixo/Whats

Blog

Sala integrada: 14 ideias para unir ambientes

16/05/2018

 Soluções para piso, decoração e disposição dos móveis.


Integrar a sala com outro ambiente ou até mesmo com a casa toda é uma expressão do estilo de morar contemporâneo, que prioriza o convívio entre as pessoas e o compartilhamento de experiências. Assim, esse recurso, além de aproveitar melhor os espaços, propicia o encontro entre os moradores e também um jeito de receber mais despretensioso e agradável. Para provar que vale à pena investir em ambientes livres de paredes, selecionamos 14 ideias de como integrar a sala de estar com a de jantar, cozinha ou até mesmo a área da piscina.


 


Um móvel para unir
Entre as peças de medidas generosas, uma delas percorre todo o espaço deste living integrado. Trata-se do banco linear, sob a janela principal, que atribui função ao espaço normalmente desprezado. O móvel acomoda convidados em dias de festa e também faz as vezes de baú.




Piso de madeira
A ideia neste ambiente é marcar a integração pelo piso, um antigo e belo taco de madeira. Atenção ao tamanho dos móveis que respeitam os espaços de circulação e ao acabamento da mesa de jantar e do rack do estar, que dialogam com a madeira do revestimento.


Estar e jantar integrados pelas cores 
A paleta de tons cinza, branco e preto predomina no ambiente, onde tudo se completa. Nessa imensidão de cores restritas, dois pontos iluminam: as almofadas, taticamente dispostas no sofá, e o tapete, que embora leve o cinza em sua composição, brilha como uma malha de prata.


Estilo do mobiliário
Nessa proposta, onde o estar se integra com a sala de jantar, os móveis de madeira e revestimentos claros dialogam com o tapete com uma estampa delicadamente desgastada. As linhas suavemente arredondadas das peças também marcam um ponto em comum.




Aberta para a área externa
As salas em destaque têm à sua esquerda uma área externa com piscina, daí o ar despretensioso e confortável dos móveis, a maioria em tons terrosos. Os dois espaços dividem um grande aparador junto à parede, que conta com nichos para acomodar livros e objetos decorativos.


A piscina é logo ali
Esta sala fica no térreo da casa e incorpora a ideia principal do projeto: áreas de convivência generosas e com aberturas para a vista do campo de golfe. Por isso, o uso da porta basculante automatizada com vidro único.



Poucos metros e muito espaço
Integrar os ambientes é um bom recurso para aproveitar cada centímetro. Aqui, o sofá aconchegante delimita a área do estar, que divide espaço com a sala de jantar e a cozinha com ilha. Destaque para os móveis e acessórios de linhas finas para não pesar no ambiente.




Uma coluna no meio da sala
O pilar estrutural não podia ser demolido, mas nem por isso tornou-se um problema. Os arquitetos decidiram revesti-lo com cimento queimado e destacaram a estrutura. A estante baixa divide os espaços de forma leve e não interfere na sensação de amplitude, delimita as áreas e ainda serve de suporte para livros e objetos.



Grafismos no piso e na parede
Toda a área de estar foi integrada e os ambientes diferenciam-se apenas pelos diferentes revestimentos no piso. Apesar disso, as estampas gráficas fazem a ligação entre os espaços, como o tapete do estar e o painel de azulejos da cozinha.




Um pórtico entre o estar e a varanda
Com uma paisagem estonteante ao redor, este apartamento não poderia deixar de ter a sala de estar integrada à varanda. Os caixilhos pesados foram substituído por um pórtico de molduras brancas, que permite a vista do mar a todo instante. O imenso tapete em tom areia demarca o ambiente.



Biombo vazado
Em vez de usar armários ou divisórias para delimitar os espaços, surgiram soluções criativas e bonitas neste projeto. Entre o hall de entrada e o living foi instalada uma elegante estrutura de canos que, enquanto delimita a área da sala de TV, também serve de cabideiro.


Integrado e colorido
Neste apartamento, cozinha, sala de estar e jantar figuram em um único espaço, exibindo um harmonioso jogo de cores. Para enfatizar a horizontalidade do espaço, o arquiteto criou extensas prateleiras de concreto, que apoiam objetos de design e livros. Essas peças formam também um nicho, onde o aparador de madeira foi encaixado.



Tapete de ladrilhos
Ladrilhos hidráulicos hexagonais foram aplicados sobre o piso de madeira para receber a mesa de jantar e demarcar a área, integrada a todos os outros ambientes da casa. Destaque para as cadeiras de modelos diferentes, que compõem um interessante conjunto.


Piso em degradê
Aqui, outra ideia para demarcar as funções de cada ambiente com graça. Placas cerâmicas dão o efeito de madeira envelhecida pintada. Na cozinha, o piso imita madeira clara, desgastada pelo tempo, e na passagem da área de refeições para o living foram aplicadas peças coloridas.